SSP apresenta detalhes de captura de Wanderson Mota, em Anápolis

106

A Polícia Civil de Goiás, por meio da 3ª Delegacia Regional de Polícia de Anápolis e pela Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais (DERCR) e em parceria com a Polícia Militar de Goiás, apresentou à imprensa, neste sábado (4), mais detalhes sobre a captura de Wanderson Mota, procurado por latrocínio e feminicídio.

Segundo o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, houve um acompanhamento próximo dos passos de Wanderson pelas polícias civil e militar de Goiás. Ele reputa a este cerco próximo a atitude de Wanderson de ter procurado alguém que o ajudasse a se entregar para as forças de segurança.

O secretário também confirmou que durante oitiva o homem confessou os crimes pelos quais era procurado e que, no momento de sua captura, ainda carregava consigo a arma dos crimes. O delegado Vander Coelho explicou, ainda, que a arma foi furtada do ex-patrão de Wanderson, junto com munições daquela e de outras armas.

As autoridades policiais envolvidas no caso repetiram, mais uma vez, que este caso não tem a ver com o caso de Lázaro Barbosa, homicida que ganhou muito espaço na mídia no começo do segundo semestre de 2021 por sua fuga mata adentro, no interior de Goiás.

Wanderson foi levado à prisão e está a disposição da Justiça.