Após dopar vítima e roubar itens e carro, mulher é presa em Valparaíso

119

A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia de Valparaíso de Goiás e com o apoio do Grupo Especial de Repressão a Crimes Patrimoniais (Gepatri) de Cristalina, cumpriu, nesta terça-feira (9), um mandado de prisão temporária pela prática do crime de roubo com violência imprópria em desfavor de uma mulher.

Conforme o apurado, a vítima conheceu a autora em um bar, no último dia 26 de setembro, oportunidade em que passaram a noite bebendo. Depois de desenvolverem uma certa amizade, a vítima comprou algumas cervejas e, logo depois, seguiu com a suspeita para sua casa.

Já na casa, a vítima bebeu uma cerveja com gosto amargo, apagando em seguida e acordando apenas às 14h40 horas do dia seguinte. A mulher já não estava mais lá.

Nesta oportunidade, a investigada subtraiu uma caminhonete, um aparelho de celular, cartões de crédito e uma televisão. Com base nas informações prestadas, a equipe policial procedeu investigações de campo para identificar e qualificar a possível autora.

Também foram localizadas imagens da autora se relacionando com a vítima, bem como levando os bens desta de modo tranquilo e despreocupado, fato que demonstra a procedência da informação de que a vítima estava dopada. A investigada possui vários registros de crimes de caráter patrimonial, dentre estes furtos de combustível, aparelhos celulares e veículos, entre outros.

Após a devida identificação da investigada, a autoridade policial representou por sua prisão temporária, bem como a devida busca e apreensão, pedidos estes que restaram deferidos e devidamente cumpridos nesta data.

Na residência, foram encontrados diversos objetos de procedência duvidosa e vários medicamentos de uso controlado. A investigada encontra-se detida no presídio feminino, onde aguardará a conclusão das investigações.

A imagem da autora está sendo divulgada para identificar outras possíveis vítimas de furto, estelionato e roubo na cidade de Valparaíso de Goiás.