Estelionatário que agia no norte goiano é preso

317

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da equipe da Delegacia Municipal de Uruaçu e da Delegacia de Campinorte, cumpriu, nesta quarta-feira (15), mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão em desfavor de um homem.

Os mandados fazem parte do escopo da operação “Lucro Fácil, Cadeia à Vista” e o conduzido já havia sido preso anteriormente. Após investigação policial, com apoio da Gerência de Operações de Inteligência da PCGO, verificou-se que o indivíduo, considerado um dos maiores estelionatários do norte goiano, cometeu uma série de crimes na região, causando prejuízos em especial aos comerciantes locais.

Seu modus operandi era o de simular fazer pagamento via pix, que não era feito, levando, na sequência, os objetos adquiridos de forma fraudulenta. Previamente, foi preso preventivamente, permanecendo preso por mais de um ano. Em liberdade esse ano, mediante medidas cautelares diversas da prisão, voltou a delinquir da mesma forma, com a adição do uso de cheques fraudulentos.

As vítimas procuraram a Polícia Civil que, de imediato, com as formalidades legais, iniciou nova investigação, identificando diversas vítimas e golpes praticados pelo suspeito, o que culminou em sua prisão.

O homem estava de posse de um veículo de luxo, o qual não teve sua procedência ou propriedade esclarecida. O veículo era usado para aplicar os golpes, já que era usado pelo conduzido que se apresentava aos comerciantes como filho de fazendeiro de soja, ganhando a confiança das vítimas.

Sua imagem está sendo divulgada mediante despacho da Autoridade Policial responsável pela investigação, para que outras vítimas o identifiquem e compareçam na Delegacia de Polícia Civil de sua cidade para as formalidades que o caso exige.