Trio que matava a mando de detento é preso em Goiânia

675

Três integrantes de uma facção criminosa, responsável por diversos assassinatos na Capital, foram apresentados hoje (27) na Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH). De acordo com as investigações, Wanderson Costa de Abreu, de 19 anos, Thiago da Silva Oliveira, de 22 anos, e Matheus Ferreira Messias, de 19 anos, eram ordenados por um detento do presídio de Anápolis, no Centro do Estado.

Segundo o responsável pelas investigações, delegado Dannilo Proto, o último crime aconteceu no início desse mês. Na ocasião, o presidiário Lucas Raphael Dionisio Bento pediu a morte da própria esposa, Larissa de Sousa Primo, e do pai dela, Antônio Pinto Primo. O caso aconteceu no Jardim Itaipu, em Goiânia, no dia 9 de novembro. Dois homens armados pularam o muro da casa da vítima a atiraram na mulher enquanto ela amamentava o filho. Ela foi atingida com três tiros, mas sobreviveu. O bebê dela não foi atingido. Já o pai dela foi atingido com um tiro nas costas e morreu no local.

“Este trabalho realizado pela Delegacia de Homicídios visa mais uma vez, desarticular grupos criminosos liderados de dentro dos presídios goianos”, ressalta o delegado. O detento de 24 anos continua detido no presídio de Anápolis por tráfico de drogas, homicídio, roubo de cargas e porte ilegal de arma de fogo.