12 facadas: Acusado de tentar matar homossexual durante encontro é preso em Catalão

370
josé maria_catalão
José Maria Bitencourt Júnior

Policiais civis do 1º DP de Catalão prenderam, no dia 28 de janeiro, José Maria Bitencourt Júnior, de 30 anos, suspeito de ter esfaqueado, na madrugada do dia 26 de janeiro, Miguel Carlos Venâncio, homossexual assumido e de extenso relacionamento social na cidade. Vítima e autor teriam se conhecido em uma festa e saído juntos do evento a fim de realizarem um “programa”.

De acordo com as investigações, após deixarem a festa, José Maria seguiu com Miguel para uma estrada de chão. No local, o suspeito teria se apoderado de uma faca e desferido vários golpes em Miguel, que conseguiu escapar e pedir ajuda, mesmo ferido. Durante o crime, o autor teria alegado que não gostava de “prostitutas e viados”.

Após ouvir testemunhas que viram os homens deixando juntos a festa, a equipe de agentes de polícia do 1º DP apontou para a autoria do crime. De posse dessas informações, o Poder Judiciário expediu mandado de prisão cautelar em desfavor do suspeito.

Apesar de ter confessado o crime aos agentes de polícia, o investigado preferiu exercer, na ocasião do interrogatório, seu direito de permanecer em silêncio. Segundo o delegado responsável pelas investigações, Vitor Oliveira Magalhães, não há dúvidas quanto à autoria do crime. Também restam poucas dúvidas quanto à motivação: homofobia.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / Catalão