A Escrivã de Polícia Wagna dos Reis tem sua história retratada no livro Mulheres de Delegacia

370

 Wagna dos Reis

Agradeço primeiramente a DEUS pelas graças recebidas e a minha família que me apoiam e aos colegas que tanto colaboram para o meu aprendizado a cada dia.

Wagna Reis

Embora de origem e família simples, minha mãe que é Agente de Polícia, já aposentada, sempre deu exemplos de honestidade, integridade e responsabilidade e teve a preocupação com minha formação moral e educacional . Mesmo diante das dificuldades financeiras,  tive a oportunidade de me formar no curso de Geografia na Universidade Católica de Goiás e algum tempo depois,  concluir a pós- graduação em Planejamento Educacional.

Prestei concurso para o cargo de escrivã de Polícia em 1990 , com investidura no cargo em agosto de 1991. Para mim ser policial foi um sonho de criança realizado, e me orgulho da profissão, pois tenho a oportunidade  de trabalhar com o aspecto social voltado para lado humano. Comecei trabalhando em Rio Verde, depois fui transferida para a Capital. Por 7 anos fui lotada no 4º Distrito Policial de Goiânia e por 8 anos no 17º Distrito Policial. Sempre tive como princípio primar por prestar um bom atendimento a sociedade, buscando junto a Academia de Polícia Civil  aprimorar meus conhecimentos com a finalidade de auxiliar no bom desempenho de meu labor. Dentre os vários cursos concluídos cito o de “ Polícia Comunitária” e “Armamento e Tiro”. Tenho orgulho em dizer que faço parte desde 1993 do “ Programa Escola Sem Drogas”. Participei de vários cursos pelo SENASP como : “Formação de Formadores” e “Violência Doméstica”,  paralelamente conclui o curso de graduação em Direito em 1995.

Em outubro de 2010 fui lotada na 1ª Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher – DEAM, atualmente tendo como titular a delegada Karla Fernandes Guimarães. Considero que  mais uma vez fui abençoada por ter como colegas de trabalho pessoas tão valorosas e generosas. Continuo com o mesmo espírito combativo e incansável, em prol das causas sociais. Nós da Delegacia da Mulher, trabalhamos com dedicação, nos espelhamos na nossa Titular, e sob a proteção de Deus, vamos à luta, imbuídos num espírito de altruísmo, sensibilizados pelo padecimento e clamor de mulheres vitimizadas que por aqui passam diariamente, sedentas de proteção do Poder Público.