Ação da Decon e Vigilância Sanitária apreende milhares de óculos falsificados

360

WhatsApp Image 2017-04-28 at 07.19.35Equipes da Decon (Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor), sob coordenação dos delegados Webert Leonardo Santos e Frederico Maciel, em parceria com a Vigilância Sanitária de Goiânia, deflagraram na quinta-feira (27/04) a primeira etapa da operação “Oculus”, que tem por objetivo reprimir a adulteração e o comércio ilícito de óculos (armações e lentes), em razão dos malefícios que o uso indevido causam à visão humana.

Durante as diligências, foram investigados três estabelecimentos comerciais (na Galeria Via Anhanguera, Setor Central de Goiânia), resultando na apreensão de mais de 10 mil óculos e armações adulteradas, que ostentavam indevidamente marcas famosas de renome internacional.

A mercadoria foi avaliada em aproximadamente R$ 3 milhões, gerando grande impacto no mercado de consumo do segmento óptico da capital. O prejuízo causado pela fraude aos cofres públicos é estimado em cerca de R$ 500 mil, “em face da tributação estadual que deixou de ser recolhida por causa desta prática delitiva”, explica Webert.

Duas pessoas foram autuadas em flagrante por prática de crimes contra as relações de consumo, cuja pena pode variar de 2 a 5 anos de prisão.