Ações da DOT serão intensificadas em 2017

608

ana claudia stoffelHá três meses como titular da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Ordem Tributária (DOT), a delegada de polícia Ana Cláudia Rodrigues Stoffel quer intensificar as operações para coibir sonegação de ICMS, IPVA e ITCD em Goiás e concluir inquéritos em andamento. Segundo Ana Cláudia Stoffel, atualmente, 390 inquéritos estão andamento na especializada. “A meta é diminuir esse quantitativo em tramitação para encaminhá-los ao Judiciário”, observa a delegada.

A experiência de Ana Cláudia como titular da Delegacia da Mulher, em Itumbiara, Decon, Decarp e Homicídio a credenciaram para assumir o atual cargo. Ana Cláudia disse ainda que na DOT pretende elaborar plano estratégico com outros órgãos de fiscalização, como a Agrodefesa e Prefeituras, no sentido de intensificar o combate à sonegação de tributos municipais. “Vamos realizar mutirões entre os servidores da unidade para o saneamento e conclusão das investigações já iniciadas e com assim, aumentar em 10% a quantidade de inquéritos remetidos ao judiciário”, afirma Ana Cláudia.

Criada pelo Decreto nº6.034/04, a DOT tem atuação em todo o Estado para evitar que contribuintes sonegadores de tributos fiquem impunes causando prejuízos à arrecadação de impostos estaduais. A especializada conta com efetivo de quatro escrivães de polícia, nove agentes e três delegados. (Comunicação Setorial- Sefaz / Foto: Denis Marlon)