Adriana Accorsi faz palestra no Segundo Congresso de Prevenção às Drogas, em Trindade

515
Delegada Adriana Accorsi: Palestra

“Uma iniciativa brilhante e que merece todo o apoio da sociedade”, disse a Delegada Geral da Polícia Civil, Adriana Accorsi, ao participar na última sexta-feira e sábado, (dias 26 e 27.08) do 2º Congresso Regional de Prevenção às Drogas, evento realizado em Trindade pelo CECAM – Centro Educacional de Capacitação e Apoio ao Menor -, com apoio da Congregação do Santíssimo Redentor de Goiás, Polícia Civil de Trindade e Academia de Polícia Civil, através do Programa Escola Sem Drogas. “O CECAM é um belo projeto, com atenção social voltada ao menor”, reforçou Adriana Accorsi.

Adriana e a Delegada Sabrina Leles

Adriana Accorsi foi uma das palestrantes no evento. Ela fez elogios à Escrivã de Polícia Flávia Cristine e seu esposo Fábio Araújo, idealizadores do CECAM, pela dedicação dispensada ao apoio às crianças e adolescentes. Lembrou Accorsi que, através do Centro Educacional de Capacitação e Apoio ao Menor, 120 crianças e adolescentes, entre 10 e 16 anos, são atendidas com alimentação, aulas de prevenção às drogas, reforço escolar, língua portuguesa, capoeira, xadrez, aprendizados de artesanatos, natação, futsal, informática, educação religiosa e integração social. Participou também do evento a Delegada Titular de Trindade, Sabrina Leles.

Escrivã de Polícia Flávia Cristine

 O 2º Congresso Regional de Prevenção às Drogas, contou com a participação de cerca de 900 pessoas, com total interação e envolvimento de todos os presentes, os quais participaram com perguntas e opinaram quanto aos meios de prevenção ao uso das substâncias entorpecentes.  Além de Adriana Accorsi, fizeram palestras também no evento Daniel Emídio de Souza, Médico Psiquiatra; Professora Maria Sônia, Coordenadora Geral do Fórum Goiano de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas; Professor Luiz Augusto Perillo, Toxicologista e Membro do Conselho Estadual de Entorpecentes;  e o Delegado Edílson de Brito,  Presidente do Conselho Estadual de Entorpecentes.

Texto: Delegado de Polícia Norton Luiz Ferreira – Assessor de Comunicação da Polícia Civil