Adriana Accorsi discute a violência contra a mulher em Goiás em audiência pública

278

A Delegada Geral Adriana Accorsi participou ontem(21), de audiência pública, por ocasião do dia internacional de combate a violência contra a mulher – 25, proposta pela deputada estadual Isaura Lemos, com o objetivo de discutir a violência contra a mulher em nosso Estado. Participaram da mesa de debates representantantes das mulheres negras, Marta Cesária, a secretária estadual da Secretaria de Políticas para Mulheres e Promoção da Igualdade Racial, Gláucia Teodoro, a deputada federal, Marina Sant’anna, o deputado estadual, presidente da Comissão de Direitos Humanos, Mauro Rubem, a deputada estadual Isaura Lemos, a presidenta do Cevam, Maria Dolly Soares e a delegada geral,   Adriana Accorsi.

Na oportunidade, Adriana apresentou um panorama de todos os procedimentos realizados pelas Deams e Neams em Goiás. Goiânia, Aparecida de Goiânia, Anápolis, Rio Verde e as cidades do entorno de Brasilia são as que registraram nos dois últimos anos, um maior número de procedimentos entre boletim de ocorrência, termos circunstanciados de ocorrência, inquérito policial, auto de prisão em flagrante etc.

A delegada geral ressaltou a importância do trabalho realizado pela Polícia Civil  nestas localidades e enfatizou a necessidade da criação dos juizados especiais para dar mais celeridade aos procedimentos que exigem medidas protetivas. Ainda sobre o trabalho da Polícia Civil, ela disse que pretende fortalecer a equipe de policiais das Deams, com o novo concurso, regularizar a situação das Deams que só existem de fato e ainda promover cursos de capacitação para os policiais nas temáticas de gênero. Adriana encerrou sua participação convidando as pessoas presentes na audiência pública para participarem do lançamento do folder e link do site da Polícia Civil, no próximo dia 23, às 9 horas, no auditório da SSPJ,  que trarão informações às mulheres de onde e como denunciar a violência sofrida. Estiveram presentes as delegadas das Deams de Aparecida de Goiânia, Goiânia e Luziânia.

Geralda Ferraz – Escrivã de Polícia