Águas Lindas: Genro e sogro são presos por homicídio e tentativa cometidos na virada do ano

457
aguaus lindas
Adriano e Edinaldo

O Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Águas Lindas, no Entorno do Distrito Federal, prendeu, no dia 4 de junho, dois suspeitos do homicídio de Lucas de Souza Viana e da tentativa de homicídio de Bruno de Oliveira Dias, crimes ocorridos na noite de Réveillon de 2014.

Segundo o delegado Cléber Júnio Martins, coordenador do GIH, os suspeitos Adriano Andrade de Sousa e Edinaldo Dias Rocha, genro e sogro, respectivamente, foram presos em Anápolis. O crime teria sido motivado pela disputa por ponto de venda de CDs piratas em Águas Lindas.

De acordo com as investigações, Adriano e Edinaldo atraíram as vítimas na virada do ano e, quando o relógio marcou meia-noite, efetuaram os disparos. Os autores teriam, inclusive, saudado as vítimas com um “feliz 2014”, antes de atirarem contra elas.

Cléber Júnior elogia a atuação do GIH de Águas Lindas que, desde sua criação, tem se destacado na elucidação de crimes de homicídio na região. Neste caso específico, ele destaca o empenho dos agentes Raulison, Kathy, Ludmila e Cláudio.

Texto: Flávia Guerra – Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Fotos: Polícia Civil / GIH / Águas Lindas