Aparecida do Rio Doce: Marido confessa morte da esposa, desaparecida há 4 anos

730

restos mortaisA Polícia Civil de Caçu, com o apoio de policiais do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Jataí, cumpriu, nesta segunda-feira (15), mandado de prisão preventiva em desfavor de Marciel Souza Rezende, 49 anos de idade. O homem confessou o homicídio da esposa,  Eliane Aparecida Pereira, dada como desaparecida desde junho de 2011.

O corpo de Eliane foi localizado enterrado na fazenda de Marciel, na zona rural de Aparecida do Rio Doce. Desde o desaparecimento, Marciel alegava que Eliane havia abandonado a família, porque não gostava mais dele, e fugido para o Estado de Minas Gerais.

Eliane deixou um casal de filhos, que morava com Marciel na cidade de Aparecida do rio Doce. Para simular o desaparecimento, o marido também enterrou objetos pessoais da vítima. Os restos mortais foram encontrados com a ajuda do próprio acusado, que apontou o local onde enterrou a esposa.