Asilo é interditado e responsáveis são presos em Inhumas

396
Idosos foram encontrados em ambiente insalubre.
Idosos foram encontrados em ambiente insalubre.

Duas pessoas foram presas na segunda-feira (11/01) em Inhumas, autuadas por maus-tratos e cárcere privado. Meiriane José Sebastião e Edemar de Oliveira Vaz eram os responsáveis por um asilo clandestino, onde idosos eram mantidos em condições insalubres, num espaço que funcionou no passado como laticínio.

De acordo com o Delegado Humberto Teófilo de Menezes Neto, a Polícia Civil constatou a situação irregular e acionou a Vigilância Sanitária para a interdição do local. Ele ainda relatou que dois idosos tiveram que ser encaminhados para um hospital, pois estavam bastante debilitados.

Humberto comentou que o local era totalmente inapropriado para funcionamento do asilo: “Não tinha alvará, as condições de higiene eram precárias e encontramos medicamentos e alimentos vencidos”, declarou. A Polícia Civil ainda está investigando se o casal preso sacava irregularmente os benefícios previdenciários dos idosos.