Balanço: 1ª DEAM de Goiânia contabiliza mais de 6,8 mil atendimentos no ano

468
Delegada Ana Elisa, titular da 1ª DEAM de Goiânia.
Delegada Ana Elisa, titular da 1ª DEAM de Goiânia.

Nos oito primeiros meses deste ano, as equipes da 1ª DEAM (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher) de Goiânia contabilizaram exatamente 6.825 atendimentos a vítimas de violência de gênero. Os números refletem o trabalho incansável realizado pelos servidores da Delegacia: “São cifras verdadeiramente expressivas e mostram o quanto a nossa equipe é comprometida e dedicada”, comenta a delegada Ana Elisa Gomes, titular da Especializada.

Considerando o dado apresentado, pode-se afirmar que, em média, são quase 30 atendimentos diários. A 1ª DEAM funciona 24 horas por dia, sete dias por semana. Para Ana Elisa, o número de denúncias de casos de violência tem crescido ano a ano: “Não podemos afirmar, com certeza, se a violência realmente cresceu ou se as vítimas estão mais conscientes dos seus direitos, mas, de qualquer forma, quantitativamente a gente percebe sim um número maior de denúncias”, pondera.

WhatsApp Image 2017-09-04 at 16.51.11Além dos mais de 6 mil atendimentos realizados entre janeiro e agosto, a unidade registrou 1.164 inquéritos policiais ao Poder Judiciário e encaminhou 690 pedidos de medidas protetivas de urgência. “Denunciar uma agressão não é fácil. Muitas vezes, a mulher está denunciando o pai dos filhos, o homem que sustenta a casa. Mas ela tem que entender que, às vezes, é preciso passar por essa brusca mudança para não ser mais colocada em situação de violência”, destaca a delegada.

Outra cifra que impressiona é a de agressores presos: foram 337, contabilizando-se os autos de prisão em flagrante e os mandados de prisão cumpridos.