Casal suspeito de morte de criança é preso e apresentado pela DIH

282

casal dihPoliciais civis da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), coordenados pela delegada Ana Stoffel, cumpriram, no dia 22 de julho, mandados de prisão temporária em desfavor de Alex Lima Soares (preso na Bahia) e Rosângela Pereira de Jesus, praticado o homicídio contra a menor Nicole,  de um ano e sete meses, filha de Rosângela e enteada de Alex. A dupla foi apresentada à imprensa na manhã desta terça-feira (2).

Segundo foi apurado, no dia 24 de janeiro de 2016,  no setor Vila Redenção, onde o casal residia, Nicole foi encontrada morta, dentro de casa, fato verificado pela própria mãe, quando retornava do trabalho.

Conforme ficou evidenciado nos laudos, a causa da morte da menor foi óbito decorrente de trauma abdominal por ação contudente praticado por outrem. O laudo ainda informa que a menor deve ter sofrido por horas até sua morte, além de ter ficado evidenciado que a mesma possuía sinais típicos de maus tratos.

Nos autos, ainda ficou demonstrado outras lesões que a menor sofreu, sendo que a mãe, sempre se omitiu na prestação de socorro, como por exemplo quando a menor quebrou a perna e ficou dois dias em casa sem ser encaminhada ao médico. No caso que resultou na morte da menina, a vítima teria permanecido vomitando por mais de cinco dias, não tendo sido encaminhada ao pronto-socorro, evitando que o casal fosse questionado a respeito da origem das lesões.

Na delegacia, Alex confessou ter agredido a menor com um soco e, posteriormente, com uma cotovelada no abdômen, informando que não sabe porque praticava esses atos de violência, já que não sentiria raiva da criança. De acordo com a delegada, Rosângela tinha um trato com o companheiro, no sentido de que ambos diriam que a menina estava com a mãe, em caso de qualquer suspeita sobre as lesões.

Com essas prisões, a Polícia Civil finaliza as investigações e encaminhará o Inquérito Policial ao Poder Judiciário com os devidos indiciamentos e o pedido da conversão da prisão temporária em preventiva.