Caseiro é preso em Novo Gama por estupro de menor. Menina contou fato a professoras

568
estupro
José Ferreira, 59 anos

Policiais civis da Delegacia de Novo Gama, região do Entorno do Distrito Federal, prenderam, no dia 24 de junho, o caseiro José Ferreira de Lima, 59 anos, acusado de estupro de vulnerável, praticado contra M.M.F.O, de apenas 13 anos.

De acordo com as investigações, coordenadas pelo delegado Danillo Martins, titular da delegacia de Novo Gama, a vítima morava com a avó, que era amiga do suspeito. Ele aproveitava essa proximidade para praticar os atos libidinosos.

Segundo o delegado, o acusado confessou os fatos, mas afirmou que eles ocorriam com o consentimento da menina, que negou a versão. Um exame de corpo de delito confirmou a prática libidinosa.

José Ferreira trabalhava em Brasília, mas voltava para a cidade de Novo Gama de 15 em 15 dias, durante suas folgas, quando aproveitava para praticar o crime. Os abusos ocorriam há pelo menos um ano. Para evitar ser descoberto, o acusado presenteava a menor.

O crime foi denunciado pela própria criança, que resolveu contar o que ocorria a suas professoras, que denunciaram o caso ao Conselho Tutelar local. Comunicado, o delegado Danillo representou, imediatamente, pela prisão temporária do autor.

O delegado regional da 5ª Delegacia Regional de Polícia (DRP), Rodrigo Mendes de Araújo, parabenizou o trabalho desenvolvido por Danillo Martins e equipe. “Com essa prisão, em uma semana, retiramos das ruas duas pessoas que não poderão mais praticar atos tão horrendos”, falou Mendes.

Texto: Flávia Guerra – Assessoria de Imprensa da Polícia Civil, com Natália Fontineli, escrivã de polícia
Fotos: Polícia Civil / Novo Gama