Caso DJ Quirino: Filha adolescente é suspeita de mandar matar o pai

450

franklin de paulaA Delegacia Estadual de Investigações de Homicídio (DIH) apresentou, na manhã desta segunda-feira (29), a conclusão do homicídio da vítima Elpídio Quirino dos Santos, conhecido como “DJ Quirino”, ocorrido no dia 25 de novembro do ano passado. A vítima foi morta com três disparos de arma de fogo em frente à casa de sua mãe, na Vila Boa Sorte, em Goiânia.

Durante as investigações, ficou comprovado que a mandante do homicídio foi a própria filha da vítima, adolescente de 16 anos de idade, e que estava com o pai no momento em que ele foi executado pelo namorado da filha, um adolescente de apenas 15 anos de idade.

O Juizado da Infância e Juventude decretou a internação provisória da adolescente e do namorado. Responsável pelo caso, o delegado Marco Aurélio Euzébio informou que o casal foi apreendido em Caldas Novas. Segundo a polícia, além do casal, um jovem de 25 anos suspeito de participar do crime está detido. Franklin de Paula Vieira, de 25 anos (na foto), foi preso temporariamente na última quinta-feira (25). De acordo com a investigação, ele dirigia o veículo utilizado para cometer o homicídio.

Segundo Euzébio, um terceiro menor é suspeito de envolvimento no crime, no entanto, sua internação não foi determinada pelo Poder Judiciário. A filha de Quirino disse que era ameaçada e agredida fisicamente pelo pai e que, por isso, teria tramado sua morte.