Caso Jéssica: segundo suspeito de morte de estudante é preso em Aparecida

664
cleber junio
Cleber Junio

Cléber Junio Macedo Condes, de 18 anos, suspeito de ter participado do homicídio da estudante Jéssica Ferreira da Silva, de 23 anos, foi preso nesta quinta-feira (10), em Aparecida de Goiânia, após se entregar à Polícia Civil. Ele foi detido em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela Justiça. O outro suspeito, um menor de 14 anos, foi apreendido no último sábado (5), em Caldas Novas. O menor, que era o garupa da motocicleta, confessou que atirou em Jéssica sob comando de Cléber Junio.

De acordo com o responsável pelas investigações, Delegado Carlos Levergger, o advogado do suspeito entrou em contato com a Polícia Civil para negociar a prisão. O Delegado Regional de Aparecida de Goiânia, André Fernandes declarou: “A investigação já estava muito próxima a ele. Ele estava escondido em Formosa, e nossas equipes já estavam lá. Hoje, ele veio à Delegacia Regional de Aparecida de Goiânia e se entregou”.

Jéssica foi baleada no dia 28 de fevereiro, próxima a casa onde morava com a mãe e a irmã, no Jardim Tiradentes, em Aparecida. Ela estava com quatro amigos na calçada quando o assalto foi anunciado. Segundo a Polícia Civil, após o roubo, os assaltantes pediram que as vítimas se virassem de costas e, antes de sair, o garupa atirou na direção do grupo. Jéssica foi atingida e chegou a ser socorrida, mas não resistiu ao ferimento.

Levergger destacou o empenho dos policiais da 6ª Delegacia Distrital de Aparecida de Goiânia na condução do caso: “Ficamos dias sem dormir, abrimos mão da convivência diária com parentes e amigos para focar nessa investigação e dar uma resposta rápida à sociedade”, concluiu.