Caso Serial Killer de Novo Gama: PC prende mais um coautor

387

WhatsApp Image 2017-02-24 at 11Policiais do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH), de Novo Gama, no entorno do Distrito Federal, prenderam mais um suspeito do homicídio qualificado no qual a vítima fora decapitada no início de dezembro do ano passado. O mandado de prisão preventiva em desfavor de Gedeon Gomes de Sousa (foto) foi cumprido na manhã de sexta-feira (24).

Ele foi indiciado pelo delegado Danillo Martins por coautoria no homicídio praticado contra Uenes da Silva Nunes. Na ocasião, após desentendimentos decorrentes do fato de a vítima ter consumido a cachaça dos autores, Gedeon, na companhia de Carlos Henrique dos Santos, por alcunha “Galeguinho”, foram atrás da vítima na chácara em que ela trabalhava.

Gedeon e Carlos Henrique executaram Uenes. O primeiro segurou a vítima e o segundo desferiu-lhe as facadas. Após a consumação do homicídio, os suspeitos cortaram a mão da vítima e a decapitaram, tendo escondido as partes do corpo em uma chácara.

Poucos dias após o crime, Carlos Henrique foi preso. O caso ganhou grande repercussão, pois Carlos Henrique confessou ter praticado vários homicídios na região. Ele ganhou fama por ter salvado a vida de um motorista vítima de roubo com restrição de liberdade, morador de Luziânia, o qual fora amarrado por bandidos numa mata e salvo por Carlos.

A investigação deste caso foi concluída em dezembro de 2016. O inquérito já se encontra no Poder Judiciário.