Compras com cartões clonados: Idosa que atuava com o filho é presa em Itumbiara

343
catia
Cátia Dionece Arantes

Policiais Civis do 2º Distrito Policial de Itumbiara, coordenados pelo delegado Vinícius de Castro Penna, prenderam, no dia 28 de maio, Cátia Dionece Arantes, de 61 anos. A idosa guardava inúmeros objetos oriundos de atividade criminosa na residência de seu filho, Cristiano Gumercindo de Oliveira Arantes, de 38 anos. A prisão ocorreu durante operação contra crimes de receptação qualificada, estelionato e falsificação de cartões.

De acordo com as investigações, Cátia integrava o esquema criminoso recebendo, em endereço diverso, mercadorias adquiridas pelo filho. Valendo-se de cartões clonados e dados de terceiros, o homem adquiria produtos de alto padrão e valor agregado, como TVs, computador, telefones, roupas, bolsas e calcados de grife, dentre outros produtos e miudezas.

receptação itum
Objetos encontrados na residência

Parte dos produtos adquiridos ilicitamente tinha como destino a comercialização, inclusive suplementos vendidos em academia de ginástica. No local, foram encontrados ainda diversos documentos e cartões de credito e bancários, em nome de terceiros, que eram utilizados nas fraudes. Notas fiscais comprovaram que até mesmo os móveis da casa foram adquiridos de maneira ilícita.

Poucos instantes antes da abordagem policias, Cristiano teria utilizado o notebook, possivelmente preparando novos golpes, já que o aparelho continha dados de terceiros. Apenas Cátia estava na casa no momento do flagrante, e foi autuada pelo crime de receptação qualificada. Cristiano continua sendo procurado pela polícia.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Foto: Polícia Civil