Comunicado: Novidades acerca da progressão dos policiais civis

1002

Álvaro Cássio2Mais de 900 policias civis tiveram liberadas suas respectivas progressões e os valores devem ser disponibilizados em breve nos contracheques, informou o delegado-geral, Álvaro Cássio dos Santos: “Ao todo, são 985 servidores que atingiram o período da progressão em março e, destes, 969 fazem jus a receber alguns valores de diferença salarial referente a quatro meses. Agora já estamos trabalhando para concluir os procedimentos referentes aos 417 policiais que completam o prazo nos meses de maio e julho e para incluir os 45 remanescentes que preencheram o interstício entre janeiro e março”, explicou.

São 969 servidores que têm direito a receber diferenças decorrentes da progressão: 107 são agentes auxiliares policiais do nível VIII (que passarão ao nível IX), 439 são agentes de polícia da 1ª classe padrão II (que vão ao padrão III), 8 são agentes de polícia da 2ª classe padrão II (que passarão ao padrão III), 99 são agentes policiais nível VIII (que vão ao nível IX) e outros 316 são escrivães de polícia da 1ª classe padrão II (que seguem para o padrão III).

Álvaro Cássio destaca que a progressão é um direito e que, ao final de um período mais prolongado pode significar um valor considerável ao trabalhador: “Em um ano o incremento pode ser de cerca aproximadamente R$ 5 mil e sabemos que isso é importante para os gastos com a manutenção familiar e as despesas do dia-a-dia”, comentou Álvaro, que frisou, ainda, que os processos para o recebimento dos retroativos também está em andamento.

Com relação aos servidores que completaram o interstício em maio e julho, as progressões serão para 11 dactiloscopistas nível II (que vão ao nível III), 52 agentes policiais nível VIII (que vão ao nível IX), 103 agentes auxiliares policiais nível VIII (que passarão ao nível IX), 209 agentes de polícia da 1ª classe padrão I (que seguem ao padrão II), 20 escrivães de polícia da 1ª classe padrão I (que vão ao padrão II) e 22 papiloscopistas policiais da 1ª classe padrão I (que vão ao padrão II).

Finalmente, no tocante aos remanescentes do período de janeiro a março, as progressões vão aproveitar 4 agentes auxiliares policiais nível VIII (que vão ao nível IX), 15 agentes de polícia da 1ª classe padrão II (que vão ao padrão III), 10 agentes policiais nível VIII (que vão ao nível IX), 2 dactiloscopistas nível I (que passarão ao nível II) e 14 escrivães de polícia da 1ª classe padrão II (que vão ao padrão III).

O impacto financeiro total das diferenças das progressões de março foi calculado em R$ 1.532.403,12 e o custo anual final das progressões em geral, em R$ 6.866.152,92.

Álvaro concluiu afirmando que “conquistas são esforço conjunto da administração, do secretário Balestreri, das entidades classistas, do incomensurável apoio do deputado João Campos e dos esforços do vice-governador José Eliton e do governador Marconi Perillo, que têm se mostrado sensíveis às causas da Polícia Civil”.

* Matéria reeditada em 11/08/17, atualizando os valores, de acordo com planilhas reapresentadas pela Folha de Pagamento.