Condenado passa endereço falso para Judiciário e é preso por policiais civis em Luziânia

428
WhatsApp Image 2016-10-05 at 153
Habmael Sales de Souza, 25 anos

Policiais civis do 2º Distrito de Polícia (DDP) de Luziânia, no entorno do Distrito Federal, prenderam um condenado que havia fornecido endereço falso ao Poder Judiciário para se furtar ao cumprimento de uma pena de mais de oito anos de reclusão. A ação se deu na quarta-feira (5).

Habmael Sales de Souza, 25 anos, havia recebido sentença condenatória por roubo triplamente majorado. Ele cometeu esse delito (Artigo 157 do Código Penal Brasileiro) com emprego de arma de fogo, em companhia de comparsas, além de ter promovido o cerceamento da liberdade da vítima.
Na ação, ele recrutou auxílio de menores, sendo enquadrado no delito tipificado no Artigo 244-B do Estatuto da Criança e do Adolescente.

Condenado a oito anos e 15 dias em regime fechado, ele havia fornecido um endereço falso à Autoridade Judiciária a fim de não ser encontrado. Essa artimanha tornou necessárias diligências da Polícia Civil, a qual, por meio de investigação, chegou ao real paradeiro do condenado.

Durante as ações que culminaram em sua captura, Habmael ainda tentou fugir, chegando a pular os muros de várias residências vizinhas. Ele foi preso a partir de cerco da área promovido pelos policiais civis.

A coordenadora das ações, delegada Caroline Matos, destaca a atuação dos policiais civis Elaine Cristina Figueiredo, Tadeu Ferreira Theodoro, Karlos Paranhos e Wiliam da Silva Ribeiro.