Crime elucidado: Polícia Civil esclarece homicídio em Goiatuba. Vítima foi decapitada

433

José Joaquim dos Santos confessou ter matado José Soares

A Polícia Civil começou a semana tendo muito trabalho. Dois corpos encontrados, um na cidade de Bom Jesus e outro na divisa entre Goiatuba e Bom Jesus, na manhã do último domingo (19), levaram a Policia Civil de Goiatuba a atuar nos casos.  Um dos corpos era de um jovem identificado por Antônio Nonato, morador em uma fazenda da região. Ele foi encontrado sem a cabeça (decapitado) e os Policiais Civis continuam investigando para buscar pistas que esclareçam o crime.

No caso do homicídio em Bom Jesus, a partir de uma informação anônima, os Policiais Civis de Goiatuba dirigiram-se até a Rua Piauí, esquina com a Rua Piracanjuba, centro de Goiatuba, e prenderam José Joaquim dos Santos (36) (foto), natural de Cabrobó (PE), morador em Bom Jesus. Ao ser interrogado pelos policiais, confessou ter matado José Soares da Silva (53), a pedrada .

O crime ocorreu na madrugada de domingo (19), quando o autor, juntamente com um amigo apelidado de Zinho, bebiam e jogavam snooker (sinuca) apostando o valor de  R$ 5  Reais a partida. A vitima José Soares da Silva perdeu a partida e não teve como pagar. Isso fez com que os dois autores colocassem a vitima num veículo Gol, de cor branca, placas de Bom Jesus, e dirigindo-se próximo ao lixão da cidade, eles a mataram  a pedradas na cabeça. Um dos autores do homicídio, José Joaquim dos Santos, foi detido e encaminhado para a Delegacia de Polícia de Bom Jesus, onde responderá pelo crime de homicídio qualificado.

Fonte: Jornal Goiás Interior