DEAM de Formosa prende lavrador suspeito de abusar de enteada de 10 anos de idade

419
nenzo
Nilton Gomes, o Nenzo

A Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) de Formosa, no Entorno do Distrito Federal, cumpriu, no dia 28 de maio, mandado de prisão preventiva em desfavor do lavrador Nilton Gomes Fernandes, vulgo “Nenzo”, de 47 anos, suspeito de estupro de vulnerável.

Segundo a delegada Fernanda Martins de Lima, titular da DEAM, as investigações apontaram que Nenzo mantinha relacionamento amoroso com a mãe da vítima, C.M.S., de apenas 10 anos de idade. Ele teria abusado da menina em, ao menos, duas oportunidades.

De acordo com as investigações, realizadas com o apoio do Grupo Especial de Investigação de Homicídios (GIH) de Formosa, coordenado pelo delegado Fellipe Guerrieri, o suspeito teria se aproveitado do relacionamento com a mãe da menina para praticar os atos libidinosos.

Fernanda Martins destaca que esse é o terceiro mandado de prisão preventiva cumprido pela DEAM de Formosa em quatro meses. Para a delegada, tal número aponta o crescimento desse tipo de crime na cidade e chama a atenção para a necessidade de atenção constante às crianças.

Conforme lembra, é importante que os adultos estejam atentos aos sinais indicativos de abuso, como mudança de comportamento,  isolamento, depressão, queda no rendimento escolar, fuga de casa, agressividade. “Apatia, medo, choro constante sem causa aparente, distúrbios do sono e de alimentação, auto-agressão, preocupação exagerada com a limpeza corporal e aparência desleixada também são indicativos importantes”, emenda a delegada.

Texto: Flávia Guerra – Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Fotos: Polícia Civil / DEAM / Formosa