DEAM Jataí prende suspeito por torturar e abusar novamente de enteada portadora de Síndrome de Down

303

Na tarde desta terça-feira (10), policiais civis da Delegacia da Mulher de Jataí deram cumprimento a um mandado de prisão preventiva, expedido pelo Juizado da Violência Doméstica de Jataí, em desfavor de A.C da S.

O investigado é suspeito de praticar os crimes de tortura e estupro contra sua enteada de 42 anos, portadora de síndrome de down. O autor já foi preso anteriormente por abusar sexualmente da mesma vítima, porém voltou a praticar fatos semelhantes, ensejando a expedição do novo mandado.

Após o cumprimento do mandado de prisão o investigado foi interrogado e encaminhado à Unidade Prisional de Jataí, onde permanece à disposição do Poder Judiciário. O cumprimento do mandado se deu de forma rápida, graças à agilidade na decretação da prisão pelo Juizado da Violência Doméstica após parecer favorável do Ministério Público. As investigações continuam na Delegacia da Mulher de Jataí.