Decon: Operação flagra microchip fraudando bombas de combustível

564

WhatsApp Image 2016-08-26 at 16.08.01A Polícia Civil, por meio da Decon (Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor), com o apoio do Procon e da Polícia Técnico-Científica, desencadeou nos dias 23 e 24 deste mês (terça e quarta-feira passadas) a Operação Bomba Baixa, com o intuito de coibir fraudes em postos de combustíveis. As ações aconteceram em Goiânia, Senador Canedo, Goianira, Hidrolândia, Itumbiara e Goiatuba. Um empresário foi preso em flagrante por crime contra as relações de consumo e três estabelecimentos foram autuados pelo Procon.

As investigações da Operação Bomba Baixa tiveram início em outubro do ano passado, após equipes da Decon coletarem indícios de fraudes em bombas de postos de combustíveis da Capital. Os servidores policiais civis passaram então por qualificação técnica preparatória para investigações complexas. Algumas aulas chegaram a ser ministradas na Escola Superior da Polícia Civil por profissionais estrangeiros, ligados a forças policiais norte-americanas.

Em abril deste ano, 88 postos foram fiscalizados de forma velada, sendo que 26 deles apresentaram divergência entre a quantidade de combustível ejetada no tanque do veículo e aquela mostrada no painel da bomba. Em julho, ainda de forma velada, os policiais civis voltaram a estes postos, desta vez acompanhados por peritos da Polícia Técnico-Científica, e, em onze deles, constataram diferenças acima dos limites toleráveis entre os valores mostrados no painel da bomba e a quantidade ejetada nos tanques dos veículos (viaturas descaracterizadas com sistema de tanques portáteis).

Com as informações mais precisas, os policiais civis estiveram na terça-feira passada em 8 postos – cinco na Capital, um em Hidrolândia, um Senador Canedo e um Goianira. Ao lado de servidores do Procon e da Polícia Técnico-Científica, os investigadores desmontaram as bombas e identificaram microchips em três casos. Esses chips eram acionados remotamente para ludibriar informações constantes na bomba, de forma que o volume de combustível fornecido ao consumidor fosse menor do que aquele mostrado no painel.

Na quarta-feira as equipes diligenciaram em dois postos em Itumbiara e um na cidade de Goiatuba. Em Itumbiara o dono de um dos estabelecimentos, onde também foi apreendido um microchip na bomba, foi preso em flagrante.

O delegado responsável pela investigação, Webert Leonardo Santos, destacou o profundo comprometimento dos policiais da Decon, que se habilitaram tecnicamente, a fim de estudar a forma com que a fraude foi desenvolvida e conseqüentemente combatê-la e agradeceu ainda o apoio operacional da Polícia Civil de Itumbiara, da DIH, Denarc, DERFRVA e GIH de Aparecida.

Confira abaixo a relação dos postos investigados.

1. ITÁLIA AUTO SERVIÇO LTDA: AV PERIMENTRAL Nº 2.297 QD R-8 LT 03, SETOR OESTE, GOIÂNIA/GO

2. POSTOS VITÓRIA LTDA: ROD GO 020 KM 12,3 S \ N, QD 07, LT 44, EST VARGEM BONITA, SENADOR CANEDO/GO

3. AUTO POSTO CORALINA: AV A, S\N, QD 10, LT 04 A 06, VILA ADILAIR, GOIANIRA/GO

4. A P SANTA HELENA LTDA: ROD BR 153, S\N, KM 36, ZONA RURAL, HIDROLÂNDIA\GO

5. JC COMÉRCIO DE DERIVADOS DE PETRÓLEO LTDA: AV PERIMENTRAL NORTE Nº 1535 LOTE 03 , JARDIM NOVA ESPERANÇA, GOIÂNIA/GO

6. AUTO POSTO CENTRO OESTE LTDA: AV BANDEIRANTES Nº 919 QD 18 LT 01, JARDIM PETRÓPOLIS, GOIÂNIA/GO

7. AUTO POSTO MAANAIM LTDA-ME: RUA GETÚLIO VARGAS 1011, QD. 26 LT. 11 , PARQUE ANHANGUERA , GOIÂNIA/GO

8. POSTO CENTRAL LTDA: RUA HENRIQUE SILVA (AV.83), 542, SETOR SUL, GOIÂNIA/GO

9. BABY COMB LTDA – EPP: RUA FRANKLIN XAVIER, 591 S/N, SETOR CENTRAL, ITUMBIARA/GO

10.  A P KEOPS LTDA: AV CASTELO BRANCO, 189, SETOR SÃO JOÃO , ITUMBIARA/GO

11. A P MILLENIUM GOIATUBA LTDA: BR 153, S\N, KM 1.440  (KM  661), ZONA RURAL, GOIATUBA/GO