Deic apresenta dupla autora de latrocínio ocorrido em maio de 2015

394
dupla deic
Luiz Gabriel e Gleidson Sorriso

O Grupo de Repressão a Latrocínios da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic) apresentou, na manhã desta quinta-feira (25), os presos Gleidson Costa dos Nascimento, vulgo “Sorriso”, de 32 anos, e Luiz Gabriel Bernardes Lacerda, de 19 anos. A dupla é apontada como responsável pelo latrocínio ocorrido em 20 de maio de 2015, no Residencial Eli Forte, que vitimou Maurício Ribeiro dos Santos, de 27 anos.

Maurício foi baleado dentro de casa, de madrugada, após deixar o portão aberto, retirar o carro da garagem e voltar para o interior da residência para ajudar a esposa a procurar o documento da filha pequena, de apenas um ano, a qual levariam para o hospital. Câmeras de segurança registraram os momentos em que os assaltantes chegaram em um carro, entraram na casa e fugiram, após o disparo.

Gleidson e Luiz Gabriel foram presos um mês depois, por um outro crime, ocorrido no Setor Progresso. Na ocasião, Gleidson foi baleado na perna esquerda por policiais militares. Desde então, Luiz Gabriel permaneceu preso na Penitenciária Odenir Guimarães, onde teve cumprido o mandado pela morte de Maurício. Gleidson, por sua vez, havia sido liberado e foi encontrado na casa de familiares.

Segundo o delegado Klayter Camilo, coordenador do grupo especializado, durante as investigações, foi verificado que Gleidson estaria utilizando documentação falsa. De posse da verdadeira identidade, a Polícia Civil encontrou três mandados de prisão abertos, no Estado do Tocantins, por roubo e furto. A dupla ainda está envolvida em um roubo de veículo, ocorrido no Residencial Moinho dos Ventos, em maio de 2015.