Delegada Geral da Polícia Civil é recebida pela Secretária da SENASP, Regina Miki

351
Adriana Accorsi e Regina Miki

A Delegada Geral da Polícia Civil de Goiás, Adriana Accorsi, realizou na ultima terça-feira, dia 27.12, em Brasília, menos de um mês depois de assumir o cargo, sua primeira audiência no âmbito do Governo Federal. Ela foi recebida em audiência pela Secretária Nacional da Segurança Pública (SENASP), Regina Miki. Bastante elogiada pela Secretária por sua atuação firme na repressão aos crimes de pedofilia, quando esteve à frente da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), Adriana Accorsi falou  à representante do  Governo Federal da sua disposição em proporcionar um  salto de qualidade na área da segurança pública no que se refere ao trabalho da Polícia Civil de Goiás.

 Adriana reconheceu que atuação em parceria dos Governos Estadual e Federal é  fundamental para redução da criminalidade. Falou ainda de algumas de suas propostas de trabalho, como o investimento em capacitação na Academia de Polícia e na estruturação das Delegacias de Polícia. “Na visão nova de segurança pública, ninguém trabalha sozinho”, disse, por sua vez, Regina Miki, que fez questão de reforçar a boa relação institucional do Ministério da Justiça com o Governo do Estado. Lembrou a Secretária Nacional da Segurança Pública que o Ministério da Justiça dispõe de equipe técnica de apoio a projetos à disposição dos Estados e dos Municípios.

Regina Miki comentou que a preparação da Copa do Mundo para 2014 vai impulsionar os avanços em Segurança Pública. Ela declarou ainda que o Ministério da Justiça vai investir igualmente nos Estados, nivelando os que vão e os que não vão sediar jogos.  Agnaldo Augusto da Cruz, Chefe de Gabinete de Miki, exemplificou que Goiás, embora não vá sediar jogos, abriga municípios que fazem parte de roteiros turísticos, como Pirenópolis, Alto Paraíso e Caldas Novas.

O Ministério da Justiça, onde a SENASP é vinculada, vai capacitar, já visando  a Copa de 2014, 53 mil Policiais Civis, Militares, Federais, Rodoviários Federais, Bombeiros Militares e outros profissionais da área da Segurança Pública. Serão 40 cursos presenciais e à distância, incluindo temas como ‘condutor de cão de faro’ (drogas e explosivos), ‘atendimento a múltiplas vítimas’ e ‘controle de distúrbios civis’. Ao final da audiência, a Secretária Regina Miki, se comprometeu a liberar recursos para investimentos na nova Academia de Polícia Civil, ora em construção e que, quando concluída, será uma instituição de referência no Brasil.

Participaram também da audiência na Secretaria Nacional da Segurança Pública o Assessor Especial da Delegada Geral da Polícia Civil de Goiás, Elton Ribeiro de Magalhães, o Superintendente da Polícia Judiciária, Delegado Antônio Gonçalves, e o Delegado de Polícia de Goiás e colaborador da SENASP, Eraldo Augusco.