Delegado geral anuncia criação do Garra, novo grupo de repressão a roubos

928
IMG_3008
Francisco Lipari, delegado da Deic, apresenta caso à imprensa

O delegado geral da Polícia Civil de Goiás, Álvaro de Cássio,anunciou a criação de um novo grupo ligado à Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic) na segunda-feira (19). Trata-se do Grupo de Repressão a Roubos (Garra), formado a partir da fusão entre o Grupo de Repressão a Roubos em Residências (GRRR) e o Grupo de Repressão a Latrocínios (GRL), ambos componentes da Deic.

De acordo com o ex-superintendente de polícia judiciária, Ricardo Chueire, durante cuja gestão o Garra foi idealizado e concretizado, o novo grupo terá por missão investigar crimes contra o patrimônio caracterizados pela maior complexidade. A formação do Garra inspira-se na experiência bem-sucedida do grupo homônimo em São Paulo, estado onde os investigadores que farão parte do Garra goiano a fim de trocar experiências.

IMG_3058
Policiais apresentam Weberson e Renato aos meios de comunicação

À ocasião, foram apresentados dois dos três autores de roubos praticados no Residencial Alphaville, situado no Parque Flamboyant. Foram presos Weberson Rodrigues da Silva e Renato Stefano de Oliveira Souza. Weberson era operário de construção civil no local, e realizava uma espécie de levantamento das residências mais “promissoras” para suas atividades delituosas. Renato ofereceu a arma de fogo utilizada por Weberson.

Um terceiro membro da quadrilha ainda está foragido. De acordo com o coordenador das investigações atinentes ao caso, delegado Francisco Lipari, as diligências continuam nesse sentido, e a expectativa é de que esse indivíduo seja capturado até o final desta semana.