Delegado Geral da Polícia Civil, João Carlos Gorski, anuncia mudanças nas Especializadas

513
João Carlos Gorski
João Gorski: Mudanças nos comandos das Delegacias Especializadas

As Delegacias Estaduais de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA) e de Investigação de Homicídios (DIH) têm novos Delegados de Titulares. O anúncio das mudanças foi feito na manhã desta quinta-feira, dia 29, pelo Delegado Geral da Polícia Civil, João Carlos Gorski, para quem as alterações compõem um processo de rotina na instituição e visam também permitir que os Delegados de Polícia possam atuar em áreas de trabalho distintas das que vinham trabalhando. “É salutar para a instituição, para os Delegados de Polícia e permite também oportunidade para o remanejamento e aproveitamento, em Goiânia, de Delegados que atuam com destaque e reconhecimento no interior ”, assinalou Gorski.

O Delegado Murilo Polati deixa a DIH e assume como titular da DERFRVA. Para seu lugar na Especializada foi designada a Delegada Lúcia Aparecida de Oliveira Silvestre, que era a titular da 1ª Delegacia Regional de Polícia (DRP), sediada em Goiânia. Outras Delegacias Especializadas que já passaram por mudanças na atual administração foram a Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC), a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (DECON), a Delegacia Estadual e Repressão a Narcóticos (DENARC) e a Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Ordem Tributária (DOT).

O Delegado Kleber Leandro de Toledo, que atuava no Grupo de Investigação de Homicídios (GIH), de Aparecida de Goiânia, assumiu a DEIC no lugar de Adriana Ribeiro, que foi designada para a DOT. Na DECON assume o Delegado Eduardo Prado, que atuava na DENARC. Ele substitui Alzemiro José dos Santos na Especializada. O Delegado Alécio Moreira passou de Adjunto a titular da DENARC, com a ascensão de Odair Soares para a Superintendência de Policia Judiciária (SPJ), posto então ocupado pelo Delegado Deusny Filho, agora Delegado Geral Adjunto da Polícia Civil. O Delegado Tiago Damasceno, então adjunto da DIH, assume o Grupo Antissequestro da Polícia Civil, no lugar de Glaydson Carvalho, deslocado para a Delegacia de Repressão a Crimes Rurais e de Divisas.

O Delegado Daniel Felipe Diniz Adorni, que era o Delegado Geral Adjunto, foi designado para a Academia da Polícia Civil. Com a saída de Lúcia Silvestre da 1ª DRP, essa unidade da Polícia Civil passa a ter como titular o Delegado Alexandre Pinto Lourenço. Ele era o titular da Delegacia Estadual de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO), agora comandada pelo Delegado Breynner Vasconcelos Cursino. Para a 2ª DRP, sediada em Aparecida de Goiânia, por sua vez, foi designado o Delegado Edson Carneiro Caetano, que deixou a DERFRVA. Com as mudanças em seus comandos, as Delegacias de Polícia sofrem também alterações em seus quadros de Delegados Adjuntos, conforme indicação dos seus novos titulares.

Texto: Delegado de Polícia Norton Luiz Ferreira – Assessor de Comunicação da Polícia Civil