Delegado-geral destaca importância da investigação para a queda dos principais índices de criminalidade em Goiás neste ano

487
IMG_1107
Delegado-geral da PCGO destaca importância da polícia judiciária

O delegado-geral da Polícia civil de Goiás, Álvaro Cássio dos Santos, salientou o papel fundamental desempenhado pela PCGO para os números comprovadores de acentuada queda nos índices de criminalidade registrados no estado entre janeiro e novembro deste ano, se comparados ao mesmo período do ano passado.

O gestor da PCGO salienta a importância da integração de todas as forças do setor de segurança pública para que se chegasse ao resultado. “Estamos no caminho certo. Muitos desafios ainda são e serão enfrentados por nós, mas as estatísticas que mostram redução das 12 naturezas criminais consideradas prioritárias revelam que tem surtido efeito o trabalho integrado das forças de segurança”, afirma.

Cássio lembra a importância da investigação criminal no quadro de redução das atividades criminosas. “A Polícia Civil, ao se dedicar diuturnamente ao trabalho de investigação, tem colaborado de maneira expressiva para a redução destes crimes. Parabéns a toda a nossa instituição”, comenta.

Números
De acordo com números recentemente divulgados pela Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), em todo o estado houve queda acentuada de algumas das principais naturezas criminosas. O número de homicídios sofreu queda de 13,15% de janeiro a novembro deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. Já o número de latrocínios caiu 39.49%. O de roubo de veículos sofreu redução de 25,94%. O de roubo em estabelecimentos comerciais foi 33,49% menor.

Em Goiânia, as ocorrências de homicídio reduziram-se em 10,22% no mesmo lapso temporal. A queda do número de tentativas de homicídio foi de 29,1%. O roubo de veículos também sofreu diminuição de 33,82%. Já o roubo em estabelecimentos comerciais caiu em 40,80 pontos percentuais. Veja abaixo outras regiões de Goiás que também registraram taxas decrescentes de índice de criminalidade no mesmo período.

Aparecida de Goiânia:
Homicídio – 16,4%
Tentativa de Homicídio – 35,06%
Furto em estabelecimentos comerciais – 39,3%

Anápolis
Estupro – 41%
Roubo em estabelecimentos comerciais – 61,54%
Roubo de veículos – 24,83%
Roubo a transeunte – 27,58%

Entorno do Distrito Federal
Homicídio – 24,23%
Tentativa de homicídio – 34,62%
Roubo de veículo – 25,97%