Polícia Civil: Irmã e pai de preso são flagrados traficando drogas dentro de carrinho de bebê

453
Droga estava escondida dentro da bolsa infantil e na toca da criança

Uma jovem de 23 anos foi presa suspeita de esconder cocaína dentro do carrinho do próprio filho, de 2 anos, em Goiânia. Policiais civis flagraram a mãe transportando 28 tabletes da droga junto à criança, escondido na bolsa infantil e até na toca do bebê. Em uma pequena bolsa da mulher também foram encontrados mais seis pedaços do mesmo entorpecente. Segundo a Polícia Civil, ela faz parte de uma família de traficantes.

De acordo com o delegado Odair José Soares, titular da Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc), a jovem era uma espécie de gerente do tráfico em família. Segundo a polícia, escutas telefônicas mostram que ela agia sob o comando do irmão, que é detento do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana. O pai dos dois jovens também foi preso por suspeita de participação do esquema. O faturamento do grupo chegaria a 30 mil por mês.

De acordo com o delegado, os agentes da Denarc começaram a investigar a família após a prisão do rapaz, em abril deste ano. A polícia diz ter constatado que os parentes recebiam as orientações do jovem via celular. A irmã seria responsável por receber e entregar a droga.

Na manhã de quarta-feira (31), a suspeita ligou para o pai e, segundo a Polícia Civil, disse que estava, desconfiada que policiais a estivessem monitorando. Os dois teriam combinado de retirar a droga da casa da jovem e guardar em outro local.

Quando a jovem saiu de casa para entregar a droga ao pai, foi abordada por agentes da Denarc. Segundo a polícia, ela levava o filho no carrinho para despistar o crime. Além dos 28 tabletes de cocaína encontrados junto à criança, ela tinha em uma pequena bolsa mais seis pedaços do mesmo entorpecente. Na casa da suspeita os policiais apreenderam uma caderneta com anotações que seriam a contabilidade do tráfico.

Fonte: G1/Goiás
Texto: Gabriela Lima