Denarc prende dupla com mais de 250 kg de insumos para refino de cocaína

522

denarc insumosDuas mulheres foram presas com cerca de 250 kg de insumos utilizados no refino da cocaína no Parque Industrial João Brás, em Goiânia, e Parque das Camélias, em Goianira, região metropolitana da capital. Quilda Benedita Soares e Ana Maria Rosa de Oliveira seriam responsáveis pelo armazenamento das substâncias, trazidas do sul do país juntamente com defensivos agrícolas proibidos no Brasil e cigarros contrabandeados.

Segundo o delegado Eduardo Gomes, adjunto da Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc), o prejuízo causado ao grupo, com a apreensão, gira em torno dos R$ 500 mil. “Os diluentes têm propriedades similares às da cocaína e servem principalmente para aumentarem seu volume, podendo transformar um quilo de pasta-base em até cinco quilos de cocaína final”, explicou.

Pela lei, os insumos são equiparados à droga, assim como à matéria prima, ou seja, todos os envolvidos responderão por tráfico de drogas, com pena de cinco a quinze anos de reclusão”, ressalta o delegado. Além das substâncias, os policiais encontraram ainda 1500 maços de cigarros nas residências verificadas. “Verificamos que a associação fazia um tipo de consórcio, para trazer insumos e cocaína. Eles revezam os produtos”, explicou Gomes.

Eduardo afirmou que esta apreensão é só o início e que outras estão previstas. “O objetivo desta primeira ação era materializar o crime, provar que estão fazendo esse tipo de tráfico. Na segunda fase a intenção é tentar identificar todos os responsáveis pelas cargas e prendê-los junto com as mercadorias”, finalizou o delegado.