Denarc prende gerente da quadrilha do traficante Iterley Martins

1031
leandrinho
Leandro Gonçalves Cândido

A Polícia Civil prendeu, no dia 26 de outubro, Leandro Gonçalves Cândido, conhecido como Leandrinho, sobrinho de consideração (na verdade, ele é primo) do traficante Iterley Martins, preso em setembro, em Fortaleza (CE). Segundo o delegado Miguel da Mota, Leandrinho seria o gerente de comando do tráfico de drogas em Goiânia e era o traficante mais procurado do Estado, depois do próprio Iterley, criado como filho pela avó de Leandrinho.

O suspeito, preso numa ação que durou menos de um minuto, não ofereceu resistência à ação policial, ocorrida na casa da mãe de Leandrinho, no Setor Vereda dos Buritis, em Goiânia. Além de ser apontado como gerente do tráfico, Leandro é parte em 14 inquéritos instaurados na Delegacia De Homicídios. “Em sete deles, ele é apontado como autor. Nos demais, como membro de associação criminosa”, detalha o delegado.

A prisão de Leandro ocorre pouco mais de um mês após a captura de Iterley, que morava há dois anos na capital cearense. As duas prisões fazem parte da Operação Hidra, desencadeada no início do ano, com foco na quadrilha que estaria traficando drogas e fazendo vítimas de homicídios em Goiás. “A guerra de traficantes pode ter feito até 50 vítimas em Goiânia”, aponta Mota.

Leandro foi preso logo após chegar de viagem a São Paulo. Cerca de 15 policiais, entre agentes da Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (DENARC) e do Grupo Tático 3 (GT3) participaram da ação, registrada em vídeo (veja abaixo). Segundo o delegado, Leandro não possuía atividade paralela ao tráfico. “Era traficante profissional”, emenda. Leandro foi levado para carceragem da Delegacia de Investigações Criminais (Deic) e, de lá, deve seguir para a Penitenciária Odenir Guimarães.