Depai cumpre 60 mandados de apreensão de menores e apreende 40 adolescentes infratores em março e abril deste ano

328

Ao todo, foram oito apreensões por ato infracional análogo a homicídio e outras quatro por ato infracional equiparado a latrocínio, além de 20 jovens infratores apreendidos por roubo no período

A Depai (Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais) cumpriu 60 mandados de apreensão de menores infratores em março e abril deste ano. Ao todo, a especializada apreendeu 40 adolescentes que estavam em liberdade. As outras 20 decisões judiciais foram executadas em desfavor de jovens que já se encontravam apreendidos (confira o quadro abaixo).

Alguns tiveram decisões judiciais exaradas devido à prática de atos infracionais análogos a crimes graves. No período, oito adolescentes foram apreendidos devido por suspeita da prática de ato infracional análogo a homicídio, e quatro por ato infracional análogo a latrocínio. Obteve destaque, também, os adolescentes que estavam soltos e foram apreendidos devido à prática de ato infracional análogo a roubo: 22 no total.

De acordo com o delegado titular da especializada, Luiz Gonzaga Júnior, a proatividade, o compromisso e a perseverança de toda a equipe Depai foram o fator preponderante para que a unidade da Polícia Civil alcançasse um desempenho tão significativo. “A interação com outras equipes de policiais civis em busca de informações também foi um fator preponderante”, afirma o a autoridade policial.

 

Estatísticas da Depai
Cumprimento de Mandado de Busca e Apreensão em março e abril de 2018:

Adolescentes soltos:
Homicídios: 06
Roubos (veículos, transeunte, comércio): 22
Latrocínio: 02;
Tráfico de Drogas: 04
Estupro:01
Outros crimes (Furto, Porte de Arma, Receptação, etc): 05
Total: 40

Adolescentes que já estavam apreendidos:
Homicídios: 02
Roubos (veículos, transeunte, comércio): 03
Latrocínio: 02
Tráfico de Drogas: 01
Outros crimes (Furto, Porte de Arma, Receptação, etc): 08
Total: 20