Dercap faz ação contra fraude em licitações em 10 municípios de Goiás

330

IMG_1498A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Administração Pública (Dercap), deflagrou na manhã desta terça-feira (5) a Operação Luz da Verdade II, para combater fraudes em licitações e desvio de verbas públicas em 10 municípios de Goiás. De acordo com o delegado Rômulo Matos, coordenador da ação, foram cumpridos 15 mandados de busca e apreensão em vários órgãos públicos, como câmaras municipais e prefeituras.

De acordo com o delegado, a investigação que culminou com a operação, constatou que procedimentos licitatórios em diversos órgãos públicos foram direcionados para que a Empresa de Assessoria de Gestão Pública S/S – Planegge sagrasse vencedora, contando com a participação das empresas: Gyn Assessoria e Consultoria Ltda. – ME, Self Assessoria e Consultoria Ltda. e Saraiva Assessoria para Governos Municipais Ltda., havendo fraudes em licitação, através da simulação de competição e de conluio.

A ação, que envolveu mais de 100 policiais, leva o mesmo nome de um trabalho realizado pela delegacia em março deste ano, que identificou indícios de fraude em licitações na cidade de Palmelo, região sul de Goiás. Segundo a polícia, as irregularidades identificadas na época causaram mais de R$ 500 mil de prejuízo aos cofres públicos.

A Operação Luz da Verdade II, que teve o apoio do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e do Ministério Público (MP), cumpriu mandados nos municípios de Jataí, Mineiros, Novo Planalto, Orizona, Paraúna, Santa Cruz de Goiás, Santa Rita do Araguaia, São Miguel do Araguaia, Ipameri e Palmelo. Os crimes apurados são extravio de documento público, fraude a licitações, desvio de dinheiro público, realização de despesa de forma ilegal e organização criminosa.