DIH apresenta dupla suspeita de matar homem por suposto furto de celular

301

menores moto2A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), apresentou, na manhã desta sexta-feira (9), uma dupla suspeita de matar um homem que, supostamente, teria furtado o celular de um dos autores. Murilo Celso foi morto a tiros no dia 7 de fevereiro de 2017, na Avenida Oriente, Setor Alto do Vale, na capital.

De acordo com as investigações, L.P. e A.H.O.J. planejaram o crime porque a vítima teria subtraído o celular de um deles, ainda no ano de 2016. No dia do homicídio, a dupla, que ainda era menor de idade, emparelhou uma motocicleta com o carro da vítima. O garupa, então, disparou cinco vezes contra o alvo, que morreu no local.

Segundo o delegado Paulo Ribeiro, após o ato infracional, que foi registrado por câmeras de segurança, a dupla seguiu para Rio Quente, no interior de Goiás, onde permaneceu até o cumprimento do mandado de internação provisória, no dia 8 de junho.