DIH apresenta suspeito de homicídio cometido entre criminosos em razão de desentendimento quanto a roubo de motocicleta

409

WhatsApp Image 2017-06-02 at 11A delegacia de Investigação de Homicídios (DIH), por meio do cartório V, deu cumprimento a mandado de prisão temporária em desfavor de Maurício Henrique de Araújo, por alcunha “Maranhão”. Ele é suspeito de ter matado a facadas Thiago Mendes da Silva em janeiro de 2015, em Goiânia.

Apurou se que a vítima, em companhia de Maurício, Rafael nazer de Sousa, vulgo “Terrinha”, e Pedro César costa, apelidado de “Jaja”, faziam uso de maconha no local quando se desentenderam em razão do furto de uma motocicleta. Maurício e Rafael desferiram golpes de faca na vítima,  que veio a óbito ainda no local.

Ao ser interrogado, Pedro confirmou serem Maurício e Rafael os autores das facadas. Estes negam a prática do crime e se acusam mutuamente. Rafael já encontrava se preso por outro crimes na Casa de Prisão Provisória. Pedro, vulgo jaja, veio óbito em razão de doença.