DIH apresenta suspeito de morte de usuário de drogas em Campinas

359

dih apresA Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia de Investigação de Homicídios (DIH), cumpriu, no dia 22 de julho, mandado de prisão temporária em desfavor de John Lennon de Sousa Fernandes, de 26 anos, apontado como autor do homicídio do cabeleireiro Fernando Augusto da Cunha, de 23 anos. O suspeito foi apresentado na manhã desta sexta-feira (29), pelo delegado Francisco José da Silva Júnior, responsável pelo inquérito.

Segundo foi apurado, no dia 18 de maio deste ano, por volta de 21h50min, na rua Honestino Guimarães esquina com Geraldo Ney, Setor Campinas, John Lennon matou Fernando disparando contra ele vários tiros. Lennon é conhecido traficante na região e Fernando era um usuário de entorpecentes que lhe estava devendo, o que motivou o crime.

Lennon foi reconhecido por testemunhas nas imagens colhidas nas câmeras de monitoramento presentes no local e por fotografias apresentadas. De acordo com o delegado, John cumpre pena no regime aberto pelo crime de tráfico de drogas. Ele foi preso na casa de sua avó, na mesma região onde ocorreu o crime e negou envolvimento no assassinato.