DIH: Em maio, inquéritos concluídos superaram casos instaurados

283
DELEGADO-DOUGLAS-PEDROSA-Foto-Wildes-Barbosa
Delegado Douglas Pedrosa (Foto: Wildes Barbosa)

A Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH) apresentou, no último dia 3, um balanço sobre a atuação da especializada no último trimestre. Segundo o delegado Douglas Pedrosa, titular da DIH, no mês de maio especificamente, pela primeira vez, o número de inquéritos concluídos superou o número de procedimentos instaurados. A apresentação aconteceu no Instituto de Criminalística, na sequência da apresentação de mais um caso solucionado pela especializada.

Na ocasião, Douglas Pedrosa reforçou que os índices apresentados pela DIH demonstram os esforços e comprometimento da equipe. Conforme gráficos apresentados pela delegacia, o índice de elucidação dos crime de homicídios em Goiânia são mais de seis vezes maior do que a média registrada no país. “No Brasil, a elucidação fica em torno de 6,5%, enquanto Goiânia registrava 38,7%. No último trimestre saltamos para um índice de 62,8% aqui na Capital”, comemorou.

O número total de mortes, registradas entre março e maio, em comparação com o mesmo período de 2015, também variou positivamente. Nos três meses do ano passado, foram 147 registros, contra 97 no mesmo intervalo no corrente ano, o que representa uma queda de 34%. A média de presos/mês em virtude do cumprimento de mandados de prisão foi de 13,9 em 2015, contra 34, em 2016. “A redução dos números de homicídios está intimamente ligada à maior quantidade de criminosos presos pela Polícia Civil em razão dos mandados de prisão”, afirmou.

Pedrosa informou que 59 inquéritos foram remetidos ao Poder Judiciário nos últimos três meses. Destes, 54 casos tiveram a autoria elucidada durante as investigações na DIH, outros 3 tiveram o autor preso em flagrante pela Polícia Civil e 2 tiveram o criminoso surpreendido em flagrante pela Polícia Militar.

Considerando, ainda, o número de inquéritos policiais gerados e remetidos em maio de 2016, o índice de elucidação ultrapassa os 107% – no mês, foram 27 casos registrados e 29 procedimentos concluídos com autoria definida. “A expectativa é que nos próximos meses, a gente consiga manter um índice de elucidação próximo de 65%, que é a média registrada nos Estados Unidos”, disse o titular.