DIH prende investigados por homicídio motivado por automóvel

591

A Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), por meio do Cartório III, sob a coordenação do delegado Thiago Martimiano, apresentou Genesmar martins de Oliveira e Fábio Lopes Vieira na manhã de terça-feira (26). Eles foram presos pelo homicídio de Flávio Pereira Rosa, assassinado no dia 20 de abril deste ano no Residencial Junqueira.

De acordo com as investigações, Genesmar, empresário do ramo de confecções, proprietário de duas lojas na Rua 44 e também de uma lavanderia, havia investido dinheiro e um veículo para que a vítima buscasse cigarros no Paraguai com o objetivo revender na capital.

Após algumas viagens, Flávio informou a Genesmar que o veículo havia sido apreendido em uma barreira policial. Contudo, a vítima não apresentou nenhum comprovante, bem como não atendia mais ligações de seu empregador.

Genesmar, na companhia de Fábio e um terceiro indivíduo, ambos seus funcionários, foram até a residência da vítima. Esta iniciou discussão com Genesmar, que sacou um arma de fogo e a executou. Após o crime, Genesmar fugiu para Curitiba, onde foi preso. Fábio foi preso em Goiânia. O terceiro indivíduo encontra-se foragido.