Dois indiciados: Polícia Civil de Goianira conclui inquérito sobre tentativa de homicídio

484
goianira capa
João Cruz e Paulo Henrique

A Polícia Civil de Goianira encaminhou, no dia 3 de setembro, ao Poder Judiciário, inquérito policial referente à apuração de homicídio qualificado tentado praticado contra José Carlos Ferreira Alves, no dia 27 de março de 2014, no setor Cora Coralina. Na ocasião, a vítima foi baleada no peito e no pescoço, ficando com sequelas irreversíveis.

Segundo o delegado Vinícius Telles, responsável pelas investigações, na noite do crime, José Carlos foi abordado quando chegava em casa por dois homens armados, que levaram ele, esposa e filhas para um quarto da residência. A vítima foi, então, agredida com socos e coronhadas e, em seguida, atingida pelos disparos, a curta distância. Os autores fugiram sem levar nada.

Os trabalhos da equipe policial concluíram pelo envolvimento direto no caso de Paulo Henrique Alves, conhecido como “Bob”, e João Cruz Feitosa da Silva, vulgo “Cruz”. A dupla está presa temporariamente desde agosto por força de ordens judiciais, oriundas de representações feitas pela Polícia Civil.

Com a conclusão parcial das investigações, Vinícius Telles representou pela decretação da prisão preventiva da dupla, já que, no curso do inquérito, ameaçou testemunhas, e se manteve envolvida com crimes de tráfico e roubos. João Cruz tem quinze processos judiciais criminais em seu desfavor, entre arquivados e em trâmite na capital e região metropolitana.

Ainda durante a investigação, Paulo Henrique foi preso em flagrante pela equipe da Polícia Civil de Goianira, com a arma que possivelmente foi utilizada na tentativa de homicídio. Na mesma ocasião, drogas e uma balança de precisão foram apreendidas, o que gerou autuação por posse irregular de arma de fogo e tráfico de drogas.

A motivação do delito contra José Carlos não foi revelada para preservar uma investigações complementar, deflagrada no intuito de apurar o envolvimento de um terceiro homem no crime. Laudos periciais importantes também são aguardados para a conclusão integral do caso.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / Goianira