Dono de supermercado é preso por furtar água em Itaberai

581

WhatsApp Image 2016-08-19 at 14Policiais civis de Itaberaí, no centro goiano,  suspeitaram da ocorrência de um “gato” (ligação clandestina destinada a desviar água de uma área para outra) ao serem chamados pelas vítimas para averiguar a possibilidade. A surpresa foi ainda maior ao constatarem os investigadores o autor: um influente empresário do município, Ronaldo Espíndola Mota (detalhe à esquerda na foto), sócio de um grande supermercado local.

Ronaldo foi preso em flagrante na sexta-feira, 19. Ele realizava a prática por meio da montagem de “gatos” feitos de cano de PVC. O crime de furto (Artigo 155 do Código Penal Brasileiro) é punido com reclusão de um a quatro anos, com pagamento de multa. A titular da distrital, Josy Alves de Sousa Guimarães, destaca a atuação dos agentes Henrique Costa e Wanderson Viana pelas diligências realizadas.