DPCA de Caldas Novas prende padrasto acusado de estuprar enteada

501

andersonAgentes de Polícia Civil de Caldas Novas, por meio da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), sob a coordenação da delegada Sabrina Leles Miranda, prenderam nesta segunda-feira (4), em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pelo Poder Judiciário daquele município, Anderson Luis de Araújo, de 37 anos de idade, acusado de abusar sexualmente da enteada, de 9 anos de idade.

De acordo com as investigações, o Conselho Tutelar de Caldas Novas foi acionado por uma médica pediatra do Pronto Atendimento Infantil da mesma cidade, que percebeu que a menina apresentava sinais de abuso sexual. Para a conselheira tutelar, a criança narrou ter sido abusada sexualmente por Anderson, ex-companheiro da mãe dela, o que motivou a denúncia.

Já na delegacia, a menina confirmou todas as declarações de abusos sexuais sofridos, e foi submetida a exame médico legal, que comprovou a denúncia do crime.  A Polícia Civil, então, representou pela expedição de mandado de prisão preventiva do mesmo, considerando que, além da comprovação de abuso sexual, o investigado tentava se aproximar novamente da criança.

Segundo a delegada Sabrina Leles, a garota encontra-se sob os cuidados de uma tia, já que a mãe dela também é investigada, por provável omissão frente aos abusos sexuais sofridos pela filha. Anderson se encontra devidamente recolhido na Unidade prisional de Caldas Novas, onde permanece à disposição do Poder Judiciário. O inquérito policial deve ser concluído em até dez dias.