DPCA de Caldas Novas prende suspeito de estuprar enteada de 9 anos

322
abuso infantil
Imagem ilustrativa

Policiais civis da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Caldas Novas, coordenados pela delegada Sabrina Leles, prenderam, no dia 16 de fevereiro, Eduardo Ferreira da Silva, de 23 anos, em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pelo Poder Judiciário local. O homem, natural de Araguapaz/GO, é suspeito de ter praticado estupro de vulnerável contra a própria enteada, de apenas nove anos de idade.

Segundo a delegada, as investigações se iniciaram quando a mãe da criança acionou o Conselho Tutelar e a Polícia Civil, depois que a filha narrou o abuso praticado pelo padrasto. A criança repetiu a denúncia à autoridade policial e aos conselheiros tutelares. Em exame médico-legal, as agressões sexuais ficaram confirmadas.

A Polícia Civil, então, representou ao Poder Judiciário pela expedição de Mandado de Prisão. Eduardo foi preso e recolhido em uma das celas da Unidade Prisional de Caldas Novas. De acordo com Sabrina Leles, já existem elementos de convicção suficientes para garantir o indiciamento dele pelo crime de estupro de vulnerável, cuja pena pode chegar a 15 anos.