Polícia Civil: Dupla é presa pela DEIC por roubar R$ 50 mil em produtos de joalheria

441
deic2
Suspeitos foram apresentados na DEIC

A Polícia Civil apresentou, nesta quarta-feira (27), o nome de dois suspeitos de roubarem o equivalente a R$ 50 mil em produtos de uma joalheria no Setor Nova Suíça no dia 20 de fevereiro. Ícaro Araújo Moreira, de 21 anos, e Leonardo Junio Gomes de Oliveira, de 19 anos, foram identificados após um mês de investigação do Grupo de Repressão a Roubo em Residências da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic).

Ícaro já se encontrava preso por receptação e associação criminosa e tem antecedentes criminais por tentativa de homicídio, roubo, furto e porte ilegal de arma. De acordo com o delegado Maurício Kai, após a prisão dele há um mês, a polícia começou a investigar a participação dele no roubo da joalheria. Já Leonardo está foragido. Um terceiro suspeito que teria repassado informações sobre o alvo do roubo para a dupla também é investigado.

O delegado conta que a dupla faz parte de uma quadrilha maior, especializada em roubos de veículos, residências e comércio e que esse grupo se dividia em células para cometer crimes.

Imagens das câmeras de segurança da joalheria mostram Ícaro chegando ao local ainda fechado, momento em que teria chamado um funcionário para pedir que consertasse sua correntinha. Quando a porta foi aberta, Ícaro aparece sacando um revolver da cintura e rendendo o funcionário, tendo em seguida aberto a porta para Leonardo entrar. A vítima foi levada aos fundos da loja, agredida com chutes e trancada em um cômodo.

Texto e foto: Jornal O Popular