Ecstasy, crack e cocaína são apreendidos com traficantes pelo GENARC, de Itumbiara

283
Pedras de Crack apreendidas pela Polícia Civil

Entre a noite de sexta-feira e a tarde de ontem(29.12), três traficantes de drogas foram detidos pelo Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc), de Itumbiara. Na sexta, Alessandro Oliveira da Silva, de 37 anos, foi preso suspeito de controlar um ponto de distribuição de drogas em uma casa de shows no Bairro Afonso Pena. Além disso, um jovem de 23 anos foi detido enquanto dirigia seu automóvel na Vila Vitória. Ele portava dez papelotes contendo cocaína. Já Oscar Caetano Silva Godoy, de 25 anos, foi detido em casa ontem após chegar de uma viagem a Foz do Iguaçu (PR), de onde trouxe 52 comprimidos de ecstasy.

O suspeito era investigado pelos Policiais Civis há cerca de dois meses, informou o Delegado Ricardo Chueire, Coordenador do Genarc e Titular da 6ª Delegacia Regional de Polícia (DRP, de Itumbiara. Ele vinha sendo monitorado pelos policiais e a investigação apontou que ele venderia os 52 comprimidos da droga em uma festa com música eletrônica realizada em Itumbiara ontem.

Os comprimidos traziam impressas em baixo relevo marcas famosas de roupas e acessórios pessoais, como Calvin Klein e Louis Vuitton. Oscar vendia a droga aos usuários a partir destas marcas, como se fosse um vendedor de roupas. A droga havia sido trazida de Foz do Iguaçu na manhã de ontem em uma caixa de fio dental que estava dentro de um tubo de desodorante. Na casa dele também foi encontrada uma porção de maconha e uma balança de precisão.

O outro suspeito, Alessandro Oliveira também estava em sua casa, próximo à casa de shows, quando foi abordado por agentes do Genarc. Lá foram encontrados 32 pedras de crack, 12 papelotes de cocaína e uma folha de papel com informações sobre a movimentação financeira do tráfico. Havia também uma quantia de dinheiro, não divulgada pela Polícia Civil. Ele foi levado para a Delegacia Regional de Itumbiara e autuado por tráfico de drogas. O acusado já havia sido preso em 1999 em um caso de estupro, também em Itumbiara, cuja pena já foi cumprida.

Na mesma noite, uma abordagem policial deteve um jovem de 23 anos que não teve a identidade divulgada. A droga seria entregue em um mercado na Vila Vitória. O homem foi levado à sua casa onde a Polícia Civil encontrou outros 197 papelotes com cocaína, 50 gramas de pasta-base da droga e R$ 240 em espécie.

Fonte: O Popular
Texto: Vandré Abreu
Foto: Polícia Civil(Genarc)

 

Publicado pelo Delegado de Polícia Norton Luiz Ferreira – Assessor de Comunicação da Polícia Civil