Em Itumbiara, casal é preso ao desenterrar porções de droga em terreno abandonado

275
casal itumbiara
Walter e Edna Aparecida

Policiais Civis do Grupo de Repressão a Narcóticos (GENARC) de Itumbiara, no sul do Estado, coordenados pelo delegado Rilmo Braga, prenderam, no dia 2 de dezembro, o casal Walter Aparecido, de 45 anos, e Edna Aparecida, de 48 anos, acusados de praticar tráfico de drogas nas cidades de Goiatuba, Joviânia e Bom Jesus de Goiás. Após monitorar a dupla por alguns meses, os policiais constataram que eles abasteciam, semanalmente, as principais bocas de fumo dessas cidades.

Com a evolução das investigações, os policiais identificaram um terreno baldio às margens da rodovia que liga Goiatuba a Bom Jesus, que estaria sendo usado como esconderijo para as drogas, enterradas no local. Walter Aparecido e Edna foram flagrados no exato momento em que desenterravam drogas no local e foram presos em flagrante delito.

Com a dupla, foram apreendidos 300 gramas de cocaína pura e 10 porções grandes de pasta base. Cada uma dessas porções seria utilizada para abastecer uma boca de fumo. Ao todo, o casal iria abastecer dez bocas de fumo da região. As porções renderiam, cada uma, centenas de pedras de crack, vendidas separadamente para usuários.

Os traficantes foram autuados por tráfico de drogas e associação para o tráfico, crimes cujas penas podem chegar a 25 anos de reclusão. Ambos foram encaminhados ao presídio local, onde permanecem à disposição do poder judiciário. Walter ostenta reincidência específica e já foi preso pelo próprio GENARC, no ano de 2011, também por tráfico de drogas.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / GENARC / Itumbiara