Em Luziânia, Polícia Civil prende cinco por homicídio qualificado

602
Investigados foram presos na terça-feira.
Investigados foram presos na terça-feira.

Policiais civis da 2ª DDP de Luziânia (Jardim Ingá) prenderam temporariamente nesta terça-feira (19/04), Rita Virgínio da Silva, Jhon Clayton Virgínio da Silva, Maria Tatiane de Barros Silva, Chamili Batista Aguiar e Paulo Ribeiro dos Santos. Eles são suspeitos do homicídio praticado contra Jackson Oliveira Lira.

De acordo com as investigações, Jackson teria sido visto vivo pela última vez na companhia dos suspeitos, quando saía de uma festa. O grupo estava um veículo onde foram encontradas manchas de sangue no porta-malas. Os investigadores afirmam que houve tentativa de limpar os vestígios no automóvel.

O corpo de Jackson foi encontrado queimado às margens da rodovia que leva ao povoado de Mesquita. De acordo com o delegado Rodrigo Mendes, também havia sinais de que a vítima fora esfaqueada. Três envolvidos já confessaram participação no crime e a Polícia trabalha para esclarecer a motivação dos criminosos.