Em menos de 48 horas, PC de Caiapônia resgata menina que havia sido sequestrada

644

Policiais civis de Caiapônia resgataram nesta quarta-feira (20/06) a menina Lara Heloá Pereira de Andrade, de 9 anos, menos de 48 horas após o sequestro dela. Na ocasião, os investigadores, coordenados pelo delegado Marlon Souza Luz, prenderam em flagrante o pedreiro Esequiel Severino Mendonça, de 50 anos, que havia trabalhado recentemente na casa da família da criança.

O sequestro que comoveu todo o estado de Goiás, teve início por volta das 13h da última segunda-feira (18/06/18), quando o sequestrador compareceu na residência da vítima, a subtraiu, levando-a para uma região de mata na cidade de Bom Jardim de Goiás, sendo o local de cativeiro distante cerca de 160 km de Caiapônia.

A Polícia Civil, logo que teve notícia do desaparecimento da criança, imediatamente iniciou diligências que levaram a autoria da prática delitiva, sendo o autor Esequiel, desde o início o principal suspeito, diante do convívio recente com a criança e também por conta de seus antecedentes criminais que envolvem a prática de crimes sexuais.

Após ações de campo e trabalho de inteligência das regionais da Polícia Civil de Jatai e de Iporá, além do apoio da Deic (Delegacia Estadual de investigações Criminais), por meio dos grupos Antirroubo a Banco e Antisequestro, descobriu-se que o autor estaria na região de Bom Jardim de Goiás.

Diante de tais informações e cientes de que o sequestrador possuía familiares naquela região, equipes policiais foram designadas para a região, chegando ao conhecimento de que Esequiel conhecia bem a zona rural, especificamente uma mata de difícil acesso e distante 30 km daquela cidade.

O Delegado Marlon Souza Luz destacou que dada a divulgação pela Polícia Civil de foto da criança sequestrada e do veículo utilizado pelo então suspeito, um casal de assentados informou que referido automóvel, teria sido deixado nas proximidades da mata, indicando assim a possibilidade do sequestrador e da vítima serem encontrados no local.

Equipes policiais foram para o citado assentamento ainda na madrugada de quarta-feira (20/06), iniciando os trabalhos de buscas. A busca, que durou cerca de seis horas, teve um percurso de mais de 8 km de mata adentro, quando parte da equipe encontrou roupas de criança e alguns mantimentos, indicando assim a provável presença do autor e da vítima no local.

Diante da mata fechada e do difícil acesso, as equipes mesmo debilitadas fisicamente, insistiram nas buscas, encontrando no meio da mata o cativeiro montado pelo autor. Ao visualizar os policiais, o sequestrador tentou fugir, sendo contido pelas equipes. Já a criança, foi em direção aos policiais e colocada sob segurança.

Após o resgate da menina e prisão do autor do sequestro, ambos foram levados à cidade de Caiapônia, sendo a vítima atendida no Hospital Municipal. O exame de corpo de delito não constatou qualquer abuso sexual. O autor foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil local, sendo autuado em flagrante pelo crime de sequestro qualificado (art. 148, parágrafo 1º, inciso IV, do Código Penal).

A ação policial ainda contou com a participação do Tenente Dayan Gomes, comandante da 3a CDPM de Caiapônia, e de equipes da Polícia Civil de Barra do Garças (MT) e de Aragarças, que realizaram bloqueios em estradas vicinais e nas buscas em motéis da região.

Para comemorar o feliz desfecho do caso, a equipe da Delegacia de Polícia Civil de Caiapônia-GO, promoveu um almoço para a criança, com muito sorvete de sobremesa.